Dicas para aproveitar o Parque Ibirapuera

Pavilhao-CSN-04-foto-Kelly-Oliver-Márcia-Takita-blog-Acampando-livre-como-a-borboleta-azul-1-300x225

O Parque Ibirapuera não é apenas o parque mais visitado de São Paulo, mas de toda a América Latina. Cerca de 13 milhões de pessoas passam por lá todo ano, aproveitando seus quase 120 hectares de área verde – permeado por lagos, jardins, monumentos, museus e outros espaços culturais. O local é muito mais do que um simples parque, e para conhecer tudo o que ele tem a oferecer, você pode precisar de mais do que um dia inteiro!

Quer saber o que conhecer quando passar por lá? A Verti Imóveis te dá dicas para aproveitar o Parque Ibirapuera e tudo o que ele oferece. Confira!

Diferentes jardins dentro de um só parque

São seis jardins diferentes dentro o Ibirapuera: a Praça da Paz, a Praça do Porquinho, a Praça Burle Marx, o Viveiro Manequinho Lopes, o Parque dos Cachorros e a área ao redor do Lago do Ibirapuera. Cada um deles possui diferentes características e atrações.

A Praça Burle Marx, por exemplo, é uma extensão do projeto de paisagismo de Burle Marx feito para o Viveiro Manequinho Lopes. O espaço fica próximo ao portão 7 e abriga o Bosque da Leitura e a antiga Serraria. O local é um dos mais sossegados do parque, e oferece tranquilidade para quem quer ler, relaxar ou praticar exercícios como alongamento, meditação e yoga.

O Lago Ibirapuera é alma do parque e divide a área cultural da área de contemplação. As pistas de caminhada também passam pelo lago e sua existência melhora o conforto térmico nos dias de verão. A fonte do Lago Ibirapuera funciona todos os dias do ano. Durante a semana, funciona das 9h às 12h e das 18h às 21h. Nos finais de semana funciona das 9h às 12h e das 14h às 18h.

Programas culturais

O que não falta no Parque Ibirapuera é cultura: a área abriga diversos pontos que valorizam não apenas a cultura brasileira, mas também a arte e a ciência. É lá que ficam o Museu de Arte Moderna (MAM) e o Museu de Arte Contemporânea (MAC), dois dos acervos mais ricos da cidade. Além disso, o Museu Afro Brasil e o Pavilhão das Culturas Brasileiras são importantíssimos, e contam como a diversidade e a miscigenação tornaram nosso país o que ele é atualmente. Juntos, os museus reúnem milhares de obras; dentre elas, quadros, gravuras, fotografias e livros de alguns dos principais artistas do Brasil.

Outro ponto notável, que você não pode deixar de conhecer, é o Auditório Ibirapuera. Ele foi concebido nos anos 50 pelo arquiteto Oscar Niemeyer, mas só foi construído em 2005. A capacidade interna é de 800 pessoas, porém, quando aberta uma porta de 20 metros no fundo do palco, a capacidade chega a quase 15 mil pessoas na área externa. Atualmente é utilizado para atividades culturais, principalmente espetáculos musicais.

O parque ainda abriga a Escola de Astrofísica e um planetário.

Para não perder nada

Para quem quer conhecer todos os espaços e não tem muito tempo para explorar sozinho, o parque oferece dois tipos de visita guiada. Ambas custam R$10 – uma leva o visitante a todas as áreas do local, falando sobre sua história e fatos importantes que aconteceram por lá. A outra tem como foco a observação de pássaros das mais diversas espécies.

Além disso, o Ibirapuera conta com um aplicativo especial, que notifica os usuários quando alguma exposição, show ou evento acontecerá por lá. É possível baixá-lo gratuitamente e estar sempre por dentro da programação!

O Parque Ibirapuera é um dos maiores pontos turísticos de São Paulo, e fica na Avenida Pedro Álvares Cabral. Que tal morar bem pertinho dele? Confira alguns imóveis na Vila Mariana e aproveite todos os dias o melhor que esse parque tem para oferecer!